ACESSE O LEGNET 🔒

Gerenciador de Riscos

O GRISCO é uma poderosa ferramenta que permite a contextualização, identificação, análise, avaliação, criação de Medidas de Controle e criação de Oportunidades para cada Risco dos processos, produtos e serviços da Organização.

Nós ligamos pra você

Quais as vantagens?

A ferramenta permite alcançar níveis de Controle antes impensáveis sem uma Gestão de Riscos feita sob medida nos moldes da ISO31000 e de acordo com a ISO14001 e ISO9001. O GRISCO permite o Gerenciamento dos Riscos a nível de Área e Setor, de modo que cada processo, produto ou serviço desenvolvidos nos Setores seja mapeado e monitorado.

  • 1. Estatisticas de gestão.
  • 2. A ferramenta permite alcançar níveis de Controle antes impensáveis sem uma Gestão de Riscos feita sob medida nos moldes da ISO31000 e de acordo com a ISO14001 e ISO9001.
  • 3. Identificação dos Riscos dos Processos e Produtos.
  • 4. Análise, Avaliação e Criação de Medidas de Controle múltiplas para cada Risco.
  • 5. Criação de Oportunidades com Reavaliação da análise para cada Medida de Controle.
  • 6. Relatórios e Estatísticas gráficas com Curva de Tendência para aferição de eficácia no tempo.
  • 7. O processo de gestão de Risco do GRISCO (Gerenciador de Riscos) da Premier Ambiental baseia-se na metodologia Norte Americana, mais especificamente através do processo matricial de Leopold (análises quali-quantitativas). O Sistema permite a Identificação e Avaliação do Risco conforme os princípios da Metodologia de HAZOP e APR, Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle APPCC - (HACCP).

O processo de gestão de Risco do GRISCO (Gerenciador de Riscos) da Premier Ambiental baseia-se na metodologia Norte Americana, mais especificamente através do processo matricial de Leopold (análises quali-quantitativas). O Sistema permite a Identificação e Avaliação do Risco conforme os princípios da Metodologia de HAZOP e APR, Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle APPCC - (HACCP).

O GRISCO reúne as principais funcionalidades das ferramentas de avaliação de Risco em uma Metodologia própria, tendo como base a sistemática de controle adotada pela ISO 31000.

A partir do momento que um dado Risco é identificado, são realizadas as análise/avaliações quali-quantitativas, buscando avaliar o Contexto e Classificação em que o Risco está enquadrado, obtendo-se um resultado através da Matriz entre a Probabilidade e a Severidade.

O próximo passo é avaliar a eficácia destes controles, sendo possível cadastrar Avaliadores para que realizem esta tarefa. De acordo com a sua avaliação, o Risco Residual poderá ser Aceitável, ou seja, não necessitando que o sistema crie Oportunidades, ou Inaceitável, caso em que as Avaliações supracitadas não obtiveram um resultado mínimo para serem aprovadas, fazendo com o que o Sistema solicite de imediato a criação das Ações de Oportunidade.