ACESSE O LEGNET 🔒

28/04/2015 | Tempo de leitura: ~1 minuto

img class= alignleft wp-image-646 src=https://www.legnetbrasil.com.br/wp-content/uploads/2015/04/reuso-de-agua-150×150.jpg alt=logo-agua-reuso width=150 height=150 /A ministra do Meio Ambiente destacou o empenho do governo federal para regulamentar o reuso da água. Atualmente, essa normatização é debatida nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. “É uma discussão no Brasil. Nós vamos pegar a experiência internacional e coordenar isso. Qual é o melhor caminho, se precisa de lei, decreto ou norma. Hoje, não há legislação definida”, ressaltou Izabella sobre a necessidade de uma norma nacional sobre o tema. A declaração ocorreu, dia 23/04, durante a abertura do Seminário Internacional Gestão de Água em Situação de Escassez, em São Paulo.

Representantes de nove países participaram do seminário relatando suas experiências bem-sucedidas na gestão de recursos hídricos escassos. Espanha, Austrália, Estados Unidos, China, Japão, Israel, Cingapura, Uruguai e México mostraram soluções e tecnologias encontradas para amenizar a insuficiência desses recursos em situações de crise ou, em alguns casos, a falta de água habitual.

O Presidente do Conselho Temático de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Coema), da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Marcos Guerra apontou que os incentivos governamentais são essenciais para a construção das infraestruturas, avanço da pesquisa e inovação em tecnologias de água. “Tornar mais eficiente o uso de insumos estratégicos como água e energia é um desafio para a competitividade das empresas”, destacou.
strongFonte:/strong www.mma.gov.br

Sistema de Gestão Integrada LegNet

ISO 9001 ISO 14001 ISO 45001