ACESSE O LEGNET 🔒

07/10/2021 | Tempo de leitura: ~1 minuto

Em matéria sobre a Logística Reversa publicada em 04/10/2021, o Ministério do Meio Ambiente informou que dez cidades irão receber ecopontos para coleta de lixo eletroeletrônico até novembro deste ano.

De acordo com o Ministério, a meta é que 400 cidades Brasileiras tenham o sistema implementado até 2025.

Conforme informações, a proposta quer acabar com o descarte de aparelhos como fogão, TV, celular e ventilador em rios e lixões de grandes centros urbanos, oferecendo espaços específicos para recebimento e destinação corretos do lixo eletroeletrônico. Para isso, orienta a Representação Federal que Fabricantes, Importadores, Distribuidores e Comerciantes devem manter toda a logística do sistema de coleta dos produtos inutilizáveis em parceria com Estados, Municípios e Associações de recicláveis, em conformidade com o que prevê o Decreto nº 10.240/20, publicado em 12 de fevereiro de 2020 pelo Governo Federal, que por sua vez, estabelece normas para a implementação de sistema de logística reversa obrigatória de produtos eletroeletrônicos de uso doméstico e seus componentes.

A expectativa é que dez centrais funcionem até novembro, assim, informou o MMA que Maceió (AL) e Manaus (AM) foram contempladas nesta semana com o projeto, restando então, Rio de Janeiro (RJ), Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e Goiânia (GO) pois, anteriormente os ecopontos já haviam sido aderidos por Florianópolis (SC), Campo Grande (MS), Vitória (ES) e Brasília (DF).

Sistema de Gestão Integrada LegNet

ISO 9001 ISO 14001 ISO 45001