ACESSE O LEGNET 🔒

06/09/2021 | Tempo de leitura: 4 minutos

A Norma ISO 45001, publicada em 12 de março de 2018 passa a substituir DEFINITIVAMENTE a OHSAS 18001, Norma internacional amplamente adotada no mundo e que será revogada em 01 de Outubro de 2021.

Importante destacar que aproximadamente 7700 trabalhadores morrem a cada dia devido a acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho, somando mais de 2.78 milhões  de pessoas a cada ano conforme cálculos de 2017 da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Há ainda cerca de 374 milhões de ocorrências trabalhistas não fatais relacionadas por ano, com inúmeros afastamentos de trabalhadores dos seus postos de trabalho.

Com a ISO 45001, um novo caminho se abre para a reversão desses números. Trata-se de um conjunto sistêmico de orientações com potencial de significativa melhora na segurança laboral

Nova Estrutura

  • ISO 45001 é baseada no Anexo SL – a nova estrutura de alto nível ISO que traz uma estrutura comum para todos os sistemas de gestão;
  • Isto ajuda a manter a consistência, alinha diferentes normas do SGI, oferece cláusulas e requisitos correspondentes em relação à estrutura de alto nível e aplica uma linguagem comum a todas as normas;
  • O ciclo PDCA (Plan-Do-Check-Act) pode ser aplicado a todos os processos e ao sistema de gestão da SSO como um todo;
  • Oportunidade para uma gestão de risco estruturada e completa;
  • Melhorar a capacidade de uma organização para satisfazer seus clientes e outras partes interessadas.

Abordagem Baseada no Risco

  • A grande alteração na norma ISO 45001:18 é a ênfase dada aos riscos, porém, não obriga a adoção e utilização da ISO 31000-Gestão de Risco;
  • Riscos e oportunidades devem ser determinados e tratados para garantir que atinjam os resultados pretendidos, para prevenir ou reduzir efeitos indesejados e atingir a melhoria contínua;
  • As diretrizes estabelecidas através da ISO 31000 podem ser utilizadas como referência;
  • A abordagem baseada em risco também pode fazer a norma mais acessível a empresas e serviços
  • Devido a ligação da estratégia dá empresa faz-se necessário o pensamento baseado no risco, onde a organização deve utilizar alguma prática de identificação e tratativa de riscos e oportunidades internos e externos.

  • A Mentalidade de Risco significa considerar risco qualitativamente e, dependendo do contexto da organização, quantitativamente ao se definir o rigor e o grau da formalidade necessária para planejar e controlar o sistema.

Com base no contexto da organização e nas atividades desenvolvidas no trabalho é possível elaborar um escopo incluindo produtos e serviços e seus respectivos impactos na gestão de SST da empresa. O Contexto da Organização é fundamental para definir o escopo e projeto do Sistema de Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional (SSO).

Sistema de Gestão Integrada LegNet

ISO 9001 ISO 14001 ISO 45001